02/07/2008

MICHAEL RASMUSSEN PROCESSA RABOBANK


Todos se se lembram da forma como RASMUSSEN foi expulso to Tour de France pela Rabobank. Após ter sido tornado público que o ciclista tinha mentido quanto à sua localização durante os controlos anti-doping a RABOBANK apressou-se a despedi-lo. Obviamente que o cilcista não achou grande piada e mesmo depois de ter sido suspenso por dois anos de toda a competição conseguiu que a Rabobank fosse obrigada a pagar a Rasmussen a quantia de 700.000€ pela forma como foi expulso do Tour 2007. Agora com 34 anos, será que ainda o vamos voltar a ver a subir os Alpes daquela forma aparentemente "tão fácil"?

2 comentários:

RUUULAAA TEAM disse...

Confesso que é um atleta que por vezes me provoca arrepios ao vê-lo em cima da bike. Impressionante mesmo. Fiquei triste com o sucedido o ano passado. Não entendo. Sou totalmente de acordo que culpados sejam punidos, mas sem provas de nada, o que fizeram..... NÃO SE FAZ! Não entendo. Acho que o ciclismo está a ficar mediático, mas pelas piores razões. É pena mesmo! Veja-se a entrevista do Cabreira num desportivo de hoje. O que diz é verdade. Foram notícia de 1ª página alguns dias, pelo que aconteceu, e com a vitória deste domingo.... NADA! E amigo, eu estive lá e digo-te, aquele circuito era brutal mesmo. Enfim... É o nosso querido país !!!!

Gomes disse...

Quanto ao João Cabreira, ciclista que eu admiro e acho que tem um potencial enorme a par de outros nomes que irão certamente dar que falar, tais como Tiago Machado, Manuel Cardoso e hernâni Broco, confesso, já estava à espera desta vitória. Uma das pessoas que vive o ciclismo profundamente e relata no seu blog através de artigos de opinião que fazem todo o sentido é o jornalista Manuel José Madeira. De certeza que já conhecem o seu Blog, mas para aqueles que ainda não ouviram falar vão a:
http://veloluso.blogspot.com/. O João Cabreira é um dos nomes que tem merecido algum destaque, derivado da polémica da suspensão da equipa da LA.