21/07/2011

CICLISTAS RECUPERAM DO ESFORÇO A 160º NEGATIVOS NO TOUR DE FRANCE

NOTÍCIA "JORNAL PÚBLICO":

"Aguentar temperaturas entre os -150º C e os -170º C (ou até um pouco mais) durante dois ou três minutos faz parte da rotina diária de alguns ciclistas durante a Volta à França.

Todas as manhãs e todas as noites, antes e depois das etapas, os atletas das equipas francesas FDJ e AG2R-La Mondiale - pelo menos estes - passam pela cabina que os expõe a temperaturas negativas extremas, uma prática que tem como objectivo ajudar e acelerar a recuperação do esforço.

Massagens, banhos turcos, alongamentos ou natação são algumas técnicas que os desportistas utilizam para ultrapassar mais rapidamente os esforços extremos. Assim como os banhos de gelo (numa banheira ou num tanque com água e muito gelo), de uso muito disseminado, que são ultrapassados em eficácia por esta versão mais moderna de crioterapia.

Este método, que começa a ser usado em vários desportos pelos atletas ou clubes que têm dinheiro para investir neste equipamento caro, consiste em colocar os atletas num cubículo, aberto em cima, que proporciona um "banho" de frio seco produzido por azoto líquido. As temperaturas negativas associadas a este processo são muito superiores em relação às conseguidas com um banho de gelo e por causa disso têm uma eficácia maior."
Poderão consultar a notícia completa em: www.desporto.publico.pt

2 comentários:

Conan disse...

Bom, vendo os resultados que as duas equipas alcançaram, não parece que seja uma técnica especialmente boa. Mais um engodo dito científico. É certo que a AG2R está em segundo na classificação colectiva, lugar que deve perder após o contra-relógio. Mas a FDJ está em 9.º e, comparando com o que se viu noutros anos, não é líquido que o frio tenha feito os atletas pedalarem mais depressa para aquecerem. :)
Mas houve uma pergunta que me surgiu ao espírito, mal li a notícia: então isto é permitido? Drogas não, que afecta a verdade desportiva. (?) Câmaras hipobáricas também não, que afecta a verdade desportiva. (?) Mas isto já pode ser? Não há dúvida que eles estão preocupados é em aparecer, à custa de quem se esforça em cima da máquina. Querem lá saber dos ciclistas e da sua saúde. Aliás, o tratamento para lá de brando que deram aos inqualificáveis que atropelaram ciclistas é disso exemplo. (Por eles, entenda-se, refiro-me aos dirigentes do ciclismo mundial e respectivos acólitos nos organismos anti-qualquer-coisa-que-faz-mal-aos-ciclistas-mas-só-a-estes.)

Rogério Leite disse...

OXENTE!!! 160oC NEGATIVOS??? Como conseguiram? A água do corpo deles não congelou toda não? CENTO E SESSENTA GRAUS NEGATIVOS!!! Foram para A LUA FOI? KKK... tem algo errado ai... nunca na terra fez menos de 82oC! Ou seriam FAHRENHEITS???