22/02/2011

MANGUALDE RECEBE A 1ª PRAIA ARTIFICIAL DA EUROPA

A Live it Well Events, player nacional no sector da organização de eventos, acaba de apresentar o seu mais recente projecto – LiveBeach - que tem como intuito construir uma praia artificial no interior do País. Portugal será o primeiro País da Europa a avançar com este conceito totalmente diferenciado e ímpar. A inauguração do LiveBeach está prevista para Julho 2011.
“As apostas estratégicas da Live it Well passarão sempre por fazer o que nunca foi feito e trazer para Portugal conceitos pioneiros e originais. O LiveBeach enquadra-se nesta visão, na medida em que irá concretizar algo à partida impossível: criar uma praia onde não existe”, afirma Rui Braga, Administrador Live it Well Events.
A cidade de Mangualde será a anfitriã do projecto LiveBeach. Para o edil mangualdense, João Azevedo, “a Câmara Municipal de Mangualde fez o que lhe competia, enquanto entidade pública, agilizando o processo para a vinda de investimento privado para Mangualde”. Por isso, “é com muito agrado e satisfação que recebemos este investimento que, por se tratar de um sector turístico específico, irá sem dúvida potenciar a marca de Mangualde, a criação de emprego e a captação de riqueza para toda a região”, sublinhou ainda o Presidente da Câmara Municipal de Mangualde.
Segundo Rui Braga “a escolha de Mangualde para receber este projecto prende-se, por um lado, às características sócio-demográficas do distrito. É o mais populoso na região interior e com um incremento populacional no Verão, devido ao regresso dos emigrantes. E, por outro lado, à grande aceitação que a Câmara Municipal de Mangualde demonstrou aquando foi apresentado o projecto LiveBeach”.
O recinto do LiveBeach conta com uma área de 22 mil e 500 m2 onde serão construídos vários espaços, para além da piscina de água salgada, tais como: praça de restauração com 725 m2 de área coberta, um playground infantil e a zona de tasquinhas que estarão a funcionar diariamente até às 4H00 (Quintas, Sextas e Sábados até às 6H00). Na zona do areal serão disponibilizados dois bares de apoio aos banhistas visitantes.
O LiveBeach é ainda um conceito completamente diferenciado por aliar toda uma programação musical e de lazer a uma componente de férias de Verão. No âmbito musical o LiveBeach contará com o apoio do músico e produtor Luis Jardim que ficará responsável por dinamizar o evento com concertos de artistas de renome nacionais e internacionais, festas nocturnas com DJ’s entre outras iniciativas. “Mais que um empreendimento turístico, o LiveBeach é um grande evento que apresenta algo de novo todos os dias, durante três meses”, remata o mentor do projecto.
Sobre o LiveBeach:
O LiveBeach é o projecto mais recente da Live it Well que consiste em criar artificialmente uma praia numa cidade do interior, onde não existe praia natural durante os meses de Julho, Agosto e Setembro.
Sobre Live it Well Events:
A Live it Well tem como missão ser um player de inovação total no mercado dos eventos, fazendo aquilo que nunca foi feito e trazendo conceitos pioneiros para Portugal. Fundada em 2007, a Live it Well Events divide-se em 5 unidades de negócio: Live it Well Hospedeiras, Live it Well Audiovisuais, Live it Well Design, Live it Well Web e Live it Well Arbitragem.
Asseguradas as competências-base, a Live it Well focar-se-á na sua missão de inovação total, tendo-se já destacado com a transmissão exclusiva do Mundial 2010 em 3D, num evento de grande dimensão que foi licenciado pela FIFA e contou com o apoio de marcas como a Meo, Sagres e Castrol.


Toda a informação AQUI

6 comentários:

Anónimo disse...

Azuribike até aki um blog ligado a area das bikes!!Mas depois da noticia ao qual a minha pessoa está a fazer o comentario fico com ideia de que quando por proveito proprio ou meramente para se ser puxa saco e ou lambe botas se muda o rumo ou area do mesmo...Ass.MANGUALDENSE DE CORAÇÃO E GEMA E NÃO IMPOSTOR!!!!!!

Gomes disse...

Meu caro, nota-se que é um Mangualdense de Gema...
Caso não tenha reparado, ou lido ou mais de 1140 artigos publicados neste blog, nem sempre o assunto foram as bicicletas. São abordados aqui por vezes assuntos variados.
Sendo este um espaço cujo o nome tem origem na sua cidade (Terras de Azurara) é natural que notícias relevantes sejam aqui referidas.
Agora, vir para aqui o Sr. com comentários tendenciosos, revestidos de carácter político, eu pergunto então que é o lambe botas. Se realmente é Mangualdense de Gema então afirme aqui a sua identidade e diga de que forma é que esta notícia pretende ter algum proveito próprio.
Sinceramente...

Anónimo disse...

Ora então, logo pela manhã a ler comentários nada positivos sobre a terra natal! Vamos lá ver se percebo, o Azuribike coloca uma notícia de mangualde,que por si só já é insólita, quer concordemos com ela ou não, publica-a como fizeram todos os blogs, sites de informação, jornais regionais e até nacionais, e depois vêm dizer que se anda a fugir ao tema das bicicletas! O tema das bicicletas é transversal a tudo! O que o anónimo quis esclarecer é se a ciclovia vai ter uma zona de descanso junto da praia artificial, e eu digo-lhe vai! Umas meninas com folhas de palmeira a abanarem tudo para fazer fresquinho!E é aqui que entram as bicicletas, está a perceber: ciclovia, praia artificial, desporto, defesa do ambiente! E Já agora se fizer férias aqui, alugo casa para férias, a 100m da praia, com vista para o areal e tudo!

MJC disse...

Um atleta para ser completo tem de ter um corpo são numa mente sã. Assim sendo, para se "exercitar" a mente e enriquecer a cultura temos que alargar os horizontese e estar actualizados. Sim, porque uma mente sã não tem um unico discurso e tema de conversa, consegue falar sobre variados assuntos.
Posto isto, só tenho pena que algumas pessoas por muito que queiram nunca vão ter uma mente sã e por isso serão sempre incompletos.

Anónimo disse...

Quem usa o SEU meio de comunicar ao mundo a notícia de que a SUA Terra vai ter uma obra única (até agora) na Europa, merece ser vilipendiado? Quase desde o início que sou assíduo visitante do Azuribike e nunca vislumbrei qualquer tendência impostora, ou outra, nos milhares de artigos que lá são colocados. O mangualdense, ANÓNIMO DE GEMA, tece um comentário escabroso sobre o Sr. Gomes tentando contornar um problema que, ao que tudo indica, tem e que mais não é do que, inveja pela seriedade do mesmo e amor à sua Terra, competência e seriedade dos seus artigos e do futuro promissório a que o Azuribike se propôs. Quando puder irei visitar, em Mangualde, essa obra importante e agradeço ter sabido primeiro pelo Azuribike, antes dos jornais e tv’s. A minha identificação vai ser enviada para o email do Azuribike, nos comentários subscrevo-me como os demais…

Anónimo disse...

Eu sabia que mangualde estava um bocado atrasado no tempo. Agora o quanto, já pode ser quantificado com esta obra! Uns 15 anos, diria eu. Ainda viva numa época de vacas gordas, em que chove dinheiro da UE.

Engraçado é que tem 2 rios naturais e não os aproveita...
E uma das suas avenidas principais tem um piso que não se tolera, nem em tempo de guerra.

Querem mostrar obra feita, e não sabem como
http://videos.sapo.pt/7i3MMIjO7ahn33O1Qaur