17/04/2008

A BICICLETA DE BOONEN PARA O PARIS-ROUBAIX

Esta não é uma bicicleta de série. O Paris Roubaix, é sem dúvida um tormento e uma prova que desafia as capacidades dos ciclistas. Basta ver que grande parte do percurso é calçada e realiza-se numa altura e zona de grandes chuvas. Como estamos a falar de um percurso estremamente irregular, as vibraçoes produzidas são tremendas, o que associado a uma velocidade de competição torna necessário adaptar as bicicletas a este tipo de competições. Já muito se falou sobre isso, nos aros de baixo perfil para evitar o "snakebite", raios soldados quando se cruzam, travões pernas de rã, etc. Neste caso, avaliemos a bike de Tom Boonen. Se repararem nas fotos podem ver que as escoras inferiores estão sobredimensionadas, o que acontece também com a caixa de direcção. As inserções de Zerts também estão mais alongadas e as uniões quer do centro pedaleiro quer da caixa de direcção estão mais reforçadas. Isto tudo para minimizar os efeitos adversos do tipo de percurso e também para evitar uma possível quebra de material, que sendo de carbono, teria um efeito de Marketing totalmente inverso.

Sem comentários: