15/06/2009

A SEGURANÇA - FASE 2

Continuando a debater um dos temas que mais interesse deve despertar em todos os ciclistas, abordaremos desta vez a vertente "BTT".
Se na estrada é fácil sentirmos a ameaça dos outros veículos, na montanha, por vezes essa questão não se coloca. Há um pouco a ideia de que os trilhos estão vazios, principalmente nos zonas do interior do País e que a única preocupação deve ser a abordagem aos obstáculos. Não será bem assim. Para além dos animais, isolados ou em grupo, nomeadamente rebanhos há outro tipo de utilizadores dos trilhos que circulam a velocidades muito acima do aconselhável. São os utilizadores das "Moto 4" ou "Quads" e outros veículos motorizados de duas ou quatro rodas. Sim, já fui surpreendido algumas vezes por estes veículos que ao ouvi-los à distância o melhor a fazer é encostar para uma zona segura e esperar que eles passem, assim como toda a poeira que vem atrás. Impressionante a velocidade a que circulam!!! Claro que se fosse num circuito fechado para o efeito, não haveria qualquer problemas mas, em caminhos abertos a toda a gente??? Mas, nem tudo é mau, pois eles veículos limpam tudo, os trilhos ficam bem abertos!!!
Já alguém tinha falado no artigo anterior da questão dos "caçadores" e, com toda a razão. Ainda não fui atingido por nenhum deles mas...quando se permite a alguém que faça uso de uma arma de fogo para a utilizar em zonas florestais sem que que por muitas vezes o seu utilizador saiba o que vai atingir, baseando-se apenas nos barulhos e ruídos do alvo...isso deixa-me claramente preocupado. Foram já muitas as vezes que os disparos se fizeram sentir muito próximo de mim e pode chegar o dia em que algo aconteça. Sabemos bem que mesmo entre os próprios caçadores isso acontece, eles atingem-se uns aos outros pois a segurança é descurada muitas das vezes. O truque que temos utilizado é no primeiro indício da presença deles fazer barulho (assobiar, gritar, berrar) no sentido de perceberem que alguém se aproxima. Eles não gostam muito, pois a caça foge toda com o barulho mas, paciência!!!
Há ainda muito a dizer acerca deste assunto, sem dúvida.
Alguém quer referir ou relatar algum ponto relacionado com a segurança em BTT?

Sem comentários: