07/12/2008

BIKE PURE - A LUTA CONTRA O DOPPING


Infelizmente todos sabemos dos escândalos que têm abalado o mundo do ciclismo profissional. Muitos perderam a fé e o entusiasmo por falta de credibilidade de diversas instituições, equipas, corredores, etc. Há no entanto a circular na WEB um movimento designado de "BIKE PURE" que visa promover um ciclismo limpo de quaisquer suspeitas e de técnicas menos impróprias do alcançe de melhores prestações. Bike Pure é uma organização independente e sem fins lucrativos para equipas, ciclistas, patrocinadores admiradores, entusiastas e fans que trabalhem e promovam a credibilidade do ciclismo profissional.
Consultem o site em: www.bikepure.org

3 comentários:

no flats disse...

Até que enfim uma boa noticia. Vamos lá ver se resulta

Anónimo disse...

Caro Gomes
Os escândalos do ciclismo? Já te perguntaste porque razão só há escândalos no ciclismo? Os outros desportos são puros como... o quê?
Outra questão que se coloca: quem de facto lucra com isto da luta anti-doping? Acaso pensas que são os ciclistas que por sua livre iniciativa se drogam? Uns poucos, talvez - mas isso é como em tudo na vida, será que por uns estudantes do Superior se drogarem poderemos afirmar que todos os estudantes são drogados?
É um absurdo esta questão dos medicamentos no desporto - devia ter o mesmo tratamento que nos outros sectores da sociedade. Evitava os tais escândalos e, acredito sinceramente, seria mais verdadeiro. Além de impedir o absurdo de uns poucos enriquecerem tentando dissimular a sua utilização e outros enriquecerem tentando impedir a sua dissiminação.
Boas pedaladas.

MaiUmPontoDeVista

Gomes disse...

Este é um assunto que dá "pano para mangas"! Já muito se falou nesta questão nos mais variados fóruns de discussão, muito se comentou e muito haverá ainda para dizer. Claro que os outros desportos parecem passar ao lado desta questão, dá inclusive a ideia de que o dopping só se verifica no ciclismo. Sabemos que não será bem assim. Ainda há pouco tempo alguém bem credenciado no mundo do ciclismo veio afirmar que os esquemas do dopping funcionam como os esquemas da "máfia". Isto diz tudo!!! Já dizia o Joaquim Agostinho, "...isto não vai lá só com bifes...".