05/08/2008

PRONGHORN RACING

É um pouco dificil de pronunciar o nome deste quadro. Requer habituação e treino para que possamos dizer o seu nome sem gaguejar. Numa altura em que parece impossível haver alguém que descubra ou invente um novo sistema de suspensão traseira, eis que surge "isto". A designação correcta é Pronghorn PR6 fabricado segundo a tecnologia A.P.L.S. (Anti Power Loss System), que na prática quer dizer que é um sistema anti-bombeio mais eficaz, evitando assim o desperdício de energia. A marca defende que desta forma conseguiram obter um triângulo traseiro mais rígido. Outra das vantagens é de que se torna muito mais fácil regular o amortecedor ou mesmo bloqueá-lo, pois está muito mais acessível, dispensando qualquer sistema "remote control". A verdade é que já não sei o que é bom. Parece que todos os anos há um sistema melhor que o outro, bastando para tal mudar algumas "coisitas". Vejam o caso da Specialized Epic, até há bem pouco tempo, aquele que era o melhor sistema do mundo, amortecedor junto à roda, tornava-a numa bicicleta única. Depois veio a Spark. Agora a Epic é idêntica à Spark. Dá-nos a entender que os sistemas anteriores simplesmente não eram aquilo que se fazia crer. Há um total rompimento com a filosofia de construção anterior. Agora este sistema que diz que possui um anti-bombeio fabuloso. Ficamos sem saber se são todos bons ou se são todos menos bons. O facto de ser proveniente da Dinamarca faz com que tenha este nome esquisito mas também que é um sinónimo de qualidade. Será que este sistema funciona como a marca anuncia?


Temos de esperar pelo teste!
O site da marca pode ser consultado no seguinte endereço: www.pronghornracing.dk



1 comentário:

Miguel disse...

Este sistema de suspensão é mais ou menos igual ao da Focus, mas com a diferença de na Focus a suspensão estar protegida ... e como já a utilizei posso confirmar que é eficiente, só trabalhando quando é preciso.